Conjunto

Gerenciamento e operações em conjuntos de dados

Conjunto

Gerenciamento e operações
em conjuntos de dados

Com a ferramenta de Conjuntos é possível realizar desde operações simples e intuitivas de comparação de dados até construções complexas de expressões matemáticas.

Com os Conjuntos também é possível gerenciar as informações que são inseridas no banco de dados de inteligência, uma vez que o analista pode vincular um lote de dados a um conjunto, agrupando e gerenciando as informações.

Operações de união, interseção, distintos e soma de distintos quando aplicados a conjuntos de dados auxiliam na análise de diferentes operações.

Os conjuntos são uma forma simples de gerenciar e comparar diferentes agrupamentos de informações nas bases de inteligência. Operações de união, interseção, distintos e soma de distintos quando aplicados a conjuntos de dados auxiliam na análise de diferentes operações.

Operações de união, interseção, distintos e soma de distintos quando aplicados a conjuntos de dados auxiliam na análise de diferentes operações.

Os conjuntos são uma forma simples de gerenciar e comparar diferentes agrupamentos de informações nas bases de inteligência. Operações de união, interseção, distintos e soma de distintos quando aplicados a conjuntos de dados auxiliam na análise de diferentes operações.

Gerenciar Checkins

Os conjuntos auxiliam no gerenciamento dos dados que são inseridos no bancos de inteligência criando agrupamentos de dados, assim é possível ter um controle das informações ou até excluir dados inseridos erroneamente.

Operações em Conjuntos

As operações nos conjuntos funcionam como filtros que ajudam a entender e distinguir os dados agrupados em cada conjunto, permitindo criar novos agrupamentos resultantes dessas operações.

Ao realizar operações nos conjuntos e encontrar dados distintos, é possível analisá-los em qualquer outra ferramenta do Caseboard.
Também é possível criar novos conjuntos com os resultados das operações

Operações em Conjuntos

As operações nos conjuntos funcionam como filtros que ajudam a entender e distinguir os dados agrupados em cada conjunto, permitindo criar novos agrupamentos resultantes dessas operações.

Ao realizar operações nos conjuntos e encontrar dados distintos, é possível analisá-los em qualquer outra ferramenta do Caseboard.
Também é possível criar novos conjuntos com os resultados das operações

Operações Complexas

No Caseboard, as operações não são realizadas apenas aos pares entre os conjuntos, sendo possível analisar múltiplos conjuntos simultaneamente através de operações únicas ou pela construção de expressões mais complexas.

A - (D ! ((A + B) - C) = E) + F ! H

Veja mais vídeos da ferramenta:

Reproduzir vídeo